Visualizações de página do mês passado

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Mais uma vez, volto a escrever
Para dizer o quanto te quis
Nas tuas juras de amor
Eu sempre acreditei
Mas agora vejo o quanto em me enganei
Mais uma vez, escrevo a chorar
Tu nem tivestes pena de mim
Se existe um Deus lá no céu
Um dia tu vais pagar
Todo pranto que eu derramei haverás de chorar

Aí como é triste a gente viver
Amargurado na solidão
Sofrer calado faz padecer
Dilacerando um coração
Escuta ao menos minha canção
Já que mais nada posso te dar
A dor de uma desilusão
O tempo faz esquecer
Mas de ti só esquecerei quando eu morrer


Aí como é triste a gente viver
Amargurado na solidão
Sofrer calado faz padecer
Dilacerando um coração
Escuta ao menos minha canção
Já que mais nada posso te dar
A dor de uma desilusão
O tempo faz esquecer
Mas de ti só esquecerei, quando eu morrer
Mas de ti só esquecerei, quando eu morrer
Mas de ti só esquecerei, quando eu morrer
Mas de ti só esquecerei, quando eu morrer.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Me promete?

Promete que vai sentir saudade, que quando me encontrar tu vai sorrir, vai me abraçar e não me soltar tão cedo? Promete que vai deitar do meu ladinho e dormir ouvindo aquela musica que eu mais gosto, e quando você estiver ouvindo a nossa musica vai me ligar só pra dizer que lembrou de mim! promete?
Não vai me fazer sentir ciúmes, promete?
Promete que não vai querer que eu vá embora e que vai roubar um beijo quando eu não tiver prestando atenção, que vai deitar embaixo das cobertas comigo e não me deixar passar frio? Promete?
Promete ligar só pra ver se eu to bem?
Promete usar o perfume que eu gosto?
Me dá um beijo, e diz que não agüenta mais ficar longe de mim?
Promete? :$

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Migalhas
Simone

Sinto muito mas não vou medir palavras
Não se assuste com as verdades que eu disser
Quem não percebeu a dor do meu silêncio
Não conhece o coração de uma mulher
Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor
Quem começa um caminho pelo fim
Perde a glória do aplauso na chegada
Como pode alguém querer cuidar de mim
Se de afeto esse alguém não entende nada
Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor
Não foi esse o mundo que você me prometeu
Que mundo tão sem graça
Mais confuso do que o meu
Não adianta nem tentar
Maquiar antigas falhas
Se todo o amor que você tem pra me oferecer são migalhas
Migalhas
Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor
Sinto muito mas não vou medir palavras
Sinto muito

sábado, 14 de novembro de 2009

Mais Feliz
Roupa Nova

Quando penso em te encontrar
Passa um filme outra vez
Tinha tanto pra falar
Mas na hora me calei

Eu congelei, perdi a voz
Sobrou bem entre nós
Um céu azul

O tempo passa e eu sem jeito
Não consigo ver direito
Imagens de uma vida sem você

E como vou agir agora
Se a coragem for embora
Pra te encarar sem ter que te perder

Todo esse amor vale a pena
Pode até duvidar, olha pra mim
Pra não errar
Chegou a hora, eu sei
De fazer o que eu não fiz
Quem sabe agora
A gente vai ser mais feliz

Quando vai se aproximar
Me dispara o coração
Essa forma de te amar
Dói bem mais que a solidão

Nem te chamei, nem me arrisquei
Senti mas disfarcei
Eu fui chorar.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Emoções


Me levando a todo momento para o fim.
Me levando a todo momento a dizer adeus.
Me fazendo sempre derramar lagrimas.
Nunca me deixando esquecer das minhas feridas.
Que não me deixam dormir a noite.

Será que um dia isso vai acabar.
Será que um dia vou colar meu coração e não partirei mais?
Não dar pra evitar as emoções.
Mesmo sendo ela causadora de tantas lagrimas.
De tantas feridas não cicatrizadas.

Emoções.
Tomando conta de mim o tempo todo.
Fazendo me perder nas canções.
Me fazendo perder o caminho pelo qual sigo.
Mas as vezes me fazendo ver como é bom viver.
Como é bom sentir passar cada segundo de nossa vida.
Fazendo sempre que esse segundo vaila a pena de ter sido vivido.

"As emoções as vezes põe lagrimas nos seus olhos,
Mas na maioria das vezes põe o mais belo sorriso no seu rosto".

To tentando me confortar nessa frase :/

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Cluster
Vou Te Esperar

Eu fiz loucuras pra te encontrar
Fui paciente pra te esperar
Fui seu amigo pra te entender
Sempre disposto a te escutar
Me fiz mais forte para agüentar
Essa angustia de te esperar
Fiz palhaçadas pra te ver sorrir
Falei besteiras pra te alegrar
Eu virei noites pensando em você
E em uma maneira de explicar
Como isso tudo foi acontecer
Como por você fui me apaixonar

Tudo o que eu faço pensando em você
É só o meu jeito de te falar
Que não importa o tempo que for
Eu vou te esperar
Eu vou te esperar
Tudo o que eu faço pensando em você
Que sabe assim você vá se tocar
Que é só você fazer acontecer
Eu vou te esperar
Eu vou te esperar

Me pus no seu lugar pra compreender
Mudei meus planos pra te acompanhar
Fiz absurdos pra te surpreender
Roubei estrelas pra te encantar
Criei desculpas pra poder te ver
Já tomei chuva só pra te abraçar
Me escondi pra não te ver sofrer
E quis morrer quando eu te vi chorar
E o nosso beijo faz enlouquecer
Que eu perco a hora ate perco o ar
É tão perfeito é tudo tão lindo
Parece que faz o tempo parar

Tudo o que eu faço pensando em você
É só o meu jeito de te falar
Que não importa o tempo que for
Eu vou te esperar
Eu vou te esperar
Tudo o que eu faço pensando em você
Que sabe assim você vá se tocar
Que não importa o tempo que for
Eu vou te esperar
Eu vou te esperar
Eu vou te esperar
Eu vou te esperar

Me arrisquei para não te perder
Abri meus braços pra me entregar
Eu não fiz nada pra esse amor nascer
Mais faço tudo pra não se acabar.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

O Ultimo Beijo

A lagrima rolou em minha face.
Tão tristemente encontrou o chão.
Aquela lagrima foi o grito do coração.
Que foi sufocado pelo seu beijo.
Beijo de despedida que eu nunca queria dar.
Aquele foi nosso ultimo momento.
O nosso ultimo beijo.
O momento que me partiu
O momento que me fez sangrar internamente.
E você não viu.
Você não me viu caindo, você não me viu chorando.
VocÊ só sentiu o nosso ultimo beijo.
VocÊ só enxergou o fim e deu as costas.
E esqueceu que eu ainda continuava lá.
Esperando você voltar e dizer que tudo foi um engano.
O ultimo beijo.
Não é melhor e nem mais confortador que um simples adeus.
Que um abraço longo e apertado.
Não vai mudar a idéia que tudo acabou.
Não vai fazer o coração parar de enxergar o fim.
De sentir saudade.
"Não importa a maneira, o fim sempre nos machuca. "

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Bom a nossa amizade aconteceu do nada e vai ser do nada que vai se acabar?

Se acha que eu estou errada ou se errei, desculpe-me. Queria te alertar, pois te amo demais, não queria e nem quero te vê chorar. Pois já vive a mesma coisa e não queria e nem quero o mesmo pra você. Mas se queres destruir um sentimento tão belo e tão construtivo que é uma amizade, tudo bem quem sou eu pra manda e desmandar no sentimento alheio. Não sei se vai lê isso ou se ta lendo. Mas tu não tinhas o direito de me tratar do modo quem me tratasse com 10 pedras na mão. Cheguei fiz a maior festa pra você, fiz pra te mostrar o que tinha acontecido eu já tinha esquecido, mas você se mostrou orgulhosa. Sinto te dizer que atrás de tua amizade não vou mais. Mas se um dia sentir minha falta, a minha amizade, estarei aqui onde sempre estive te esperando de braços abertos. (Sei que me acha idiota, criança etc.. mas escrevo essas palavras chorando pela tua ingratidão ou pelo meu defeito de julgar sem saber realmente o que aconteceu.) Apesar dos pesares eu te amo, e sempre terás a minha amizade eterna.

domingo, 18 de outubro de 2009

(...)
Talvez eu seja jovem demais
Pra impedir um bom amor de desandar
Mas esta noite eu só tenho você na minha cabeça(e você nunca saberá)
Estou completamente acabado e faminto por seu amor
mas sem jeito de saciar essa fome
Onde está, minha criança? Você sabe o quanto eu preciso
Jovem demais pra suportar e velho demais pra jogar tudo pro alto
Às vezes um homem perde o rumo
Quando ele acha que o melhor que faz é se divertir
Cego demais pra perceber as besteiras que faz...
Às vezes um homem tem que acordar pra vida e se mancar que ele
Não tem ninguém...
Então eu esperarei por você, esperarei ansiosamente
Terei a chance de ver o seu doce retorno? Ah, será que aprenderei um dia?
Amor, você deveria voltar
Porque ainda dá tempo
O quarto é solitário e a cama está pronta
A janela aberta deixa a chuva entrar
Ardendo no canto está o único que ainda sonha. Sonha com você por perto
(...)

Lover, You Should've Come Over
Jeff Buckley

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

A carta

Djavan

Composição: Djavan / Gabriel O Pensador

Não vá levar tudo tão a sério
Sentindo que dá, deixa correr
Se souber confiar no seu critério
Nada a temer
Não vá levar tudo tão na boa
Brigue para obter o melhor
Se errar por amor Deus abençoa
Seja você

No que sua crença vacilou
A flor da dúvida se abriu
Vou ler a carta que o Biel mandou
Pra você, lá do Brasil:

"Eles me disseram tanta asneira, disseram só besteira
Feito todo mundo diz.
Eles me disseram que a coleira e um prato de ração
Era tudo o que um cão sempre quis
Eles me trouxeram a ratoeira com um queijo de primeira
Que me, que me pegou pelo nariz
Me deram uma gaiola como casa, amarraram minhas asas
E disseram para eu ser feliz

Mas como eu posso ser feliz num poleiro?
Como eu posso ser feliz sem pular ?
Mas como eu posso ser feliz num viveiro,
Se ninguém pode ser feliz sem voar?

Ah, segurei o meu pranto para transformar em canto
E para meu espanto minha voz desfez os nós
Que me apertavam tanto
E já sem a corda no pescoço, sem as grades na janela
E sem o peso das algemas na mão
Eu encontrei a chave dessa cela
Devorei o meu problema e engoli a solução
Ah, se todo o mundo pudesse saber
Como é fácil viver fora dessa prisão
E descobrisse que a tristeza tem fim
E a felicidade pode ser simples como um aperto de mão
Entendeu?

É esse o vírus que eu sugiro que você contraia
Na procura pela cura da loucura,
Quem tiver cabeça dura vai morrer na praia."

sábado, 3 de outubro de 2009


Não sabia e não sei o que é o amor.
Olho pra todo lado,o que mais vejo é dor.
Gente chorando por todos os cantos.
Dar ate pena de ver o pranto.

Vejo gente falando que amor é tudo.
Vejo gente falando que o amor não é nada.
E eu fico no meio dessa briga cruzada.
Onde a verdade não se encontra nas palavras.
Se encontra no gesto,no sentimento da pessoa amada.

"Quem quiser descobrir o que é o amor,vai morrer sem saber.
Pois como todos dizem o amor não foi feito para entender.
Mas se quiser sentir o que o amor é,
Procure prestar atençao como é a relação
De dois amigos,de familiares,de um casal.
Você não entenderá o que é o amor,
Mas verá como é bom senti-lo."


2 Meses *-* só de felicidade :)

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O Dia Irá Acabar.

E como pretende chegar ao fim dele?
Prentende se arrepender por não ter feito algo.
Ou se arrepender por ter feito?
Pretende chegar ao fim dele com assuntos inacabados
Ou pretende chegar ao fim dele cansado mas com tudo feito?

A vida é cheia de caminhos a serem escolhidos.
Cheia de decisoes a serem tomadas.
Algumas faceis outras dificeis.
Mas que são preciso tomar.

Não use desculpas para nao tomar certas decisões.
Você não pode adiar pra sempre coisas que um dia terá que decidir.
A vida está aqui, não adie ela.
Não sinta medo do que ainda nao acontenceu.
Então tome sua decisões,sempre observando as opções.
Nao resolva tudo com pressa.
Porque a pressa é inimiga da perfeição.
E quando tomar uma decisão errada, assuma o erro.
E dê a cara a tapa.
E aprenda com o erro.


A vida nos dar varias lições.
Nos bota em varias situações inusitadas.
Situações que nos pedem decisões.
E devemos decidir o que achamos o que é melhor.
Sempre analisando tudo.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Sorria !


É capaz de iluminar o mundo.
Iluminar todas as mentes que se encontram na escuridão.
Pode fazer transformações dentro de você.
Não deixe de sorrir.
O sorriso é a sua beleza mais natural.
Através de seu sorriso você passa para as pessoas o quão feliz está.
Um sorriso.
Só um sorriso, é capaz de falar mais que mil palavras.
É capaz de passar confiança para os outros.
É capaz de fazer outro alguem sorrir com você.
Então.
Sorria sempre que puder.
Sorria de dentro pra fora.
Demonstre a sua felicidade e não tenha vergonha de ser feliz.
Porque todos viemos a esse mundo para ser feliz, não pra andar de cabeça baixa por todos os cantos.



´´Sorrir, um gesto tão simples que é capaz de mudar uma vida.´´

terça-feira, 29 de setembro de 2009




Às vezes as palavras doem o quanto dizem que doem.
As vezes as palavras tocam no lugar que escondemos pra não sentir dor.
As vezes palavras, não são apenas só palavras.
São algo a mais.
São motivos pra te abalarem ou te darem confiança.
São motivos pra fazer outras pessoas chorarem ou sorrirem.

Palavras.
Espada de dois gumes.
Capaz de alegrar ou ferir um coração.
Não importa a delicadeza ou educação com que são faladas,
O importante são as mensagens que elas transmitem.
Se alguém lhe diz delicadamente que não gosta de você,do seu jeito
A delicadeza vai mudar a mensagem?
Às vezes não dar pra maquiar a mensagem das palavras.
Diminuir o impacto que elas provocam.

Então pense antes de falar. Você pode impedir alguém de chorar fazendo isso. Não cause derramamento de lagrimas se você puder evitar. Não cause ferimentos se não sabe o tamanho da dor deles.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Acredite




Ei abra os olhos
.
As vezes você pensa que esta caindo em um lugar escuro.
Mas você esta fechando seus olhos.
Mantenha-os abertos e tenha um pouco de fé.
Tente enchergar sempre a luz que esta a sua frente.
Não siga o caminho do retrocesso.
Lute pelos seus sonhos.
Se tiveres fé verás o quão forte és
Se teveres fé,verás sempre uma brecha em um lugar escuro.
Verás brechas para sair de todos os apuros.
Acredite
As vezes as coisas estão caindo.
Os problemas estão acumulando.
Mas não se jogue como tudo tivesse perdido.
As vezes as coisas pioram antes de melhorar.
Então não se entregue, sempre tenha um pouco de fé.

sábado, 26 de setembro de 2009



"O verdadeiro religioso não é aquele que discute a fé, e sim a vive."
Existem pessoas que amam e dizem que gostam;Existem pessoas que gostam e dizem que amam;Existem pessoas que não dizem nada...os olhos e os gestos dizem Tudo!
REFLITA"Os tristes acham que o vento geme;Os alegres e cheios de espírito afirmam que ele canta. O mundo é como um espelho, devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos."
"A maneira como você encara a vida, é que faz toda a diferença!!"
A FÉ E A FORÇA DO PENSAMENTO que você grava na mente subconsciente, está programado para se tornar realidade física. O pensamento dá a ordem e o subconsciente cumpre. Por isso, você é o resultado dos seus antigos pensamentos. Seu pensamento te levou até aqui, fez de você o que é hoje e fará o que será amanhã. Todo pensamento que o subconsciente aceita como verdadeiro lhe fará mover o ceu e a terra para realizá-lo.Se você tem convicção, sua idéia surgirá, a cada instante, eletromagnetizada e essa força emocional sensibilizará o subconsciente, fazendo-o agir na concretização desse desejo.O sucesso chega para aqueles que têm certeza do sucesso e, conseqüentemente, caminham na direção dele. Nunca diga que algo é impossível. Todo desejo reforçado pela fé e pelos pensamentos torna-se realidade física.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Não sei quantas almas tenho (Fernando Pessoa)

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo : "Fui eu ?"
Deus sabe, porque o escreveu

quarta-feira, 23 de setembro de 2009



Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra! Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha e não nos deixa só porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso.

Charles Chaplin

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Como Dois e Dois

(Roberto Carlos)

Quando você
Me ouvir cantar
Venha não creia
Eu não corro perigo
Digo, não digo, não ligo
Deixo no ar
Eu sigo apenas
Porque eu gosto de cantar...

Tudo vai mal, tudo
Tudo é igual
Quando eu canto
E sou mudo
Mas eu não minto
Não minto
Estou longe e perto
Sinto alegrias
Tristezas e brinco...

Meu amor!
Tudo em volta está deserto
Tudo certo
Tudo certo como
Dois e dois são cinco...

Quando você
Me ouvir chorar
Tente não cante
Não conte comigo
Falo, não calo, não falo
Deixo sangrar
Algumas lágrimas bastam
Prá consolar...

Tudo vai mal
Tudo, tudo, tudo, tudo
Tudo mudou
Não me iludo e contudo
A mesma porta sem trinco
Mesmo teto, mesmo teto
E a mesma lua a furar
Nosso zinco...

Meu amor!
Tudo em volta está deserto
Tudo certo
Tudo certo como
Dois e dois são cinco
Meu amor! Meu amor! Meu amor!
Tudo em volta está deserto
Tudo certo
Tudo certo como
Dois e dois são cinco...

segunda-feira, 21 de setembro de 2009


E na verdade tudo que eu desejo é uma felicidade singela e até meio previsivel, diria alguns...
Quero uma casa de janelas brancas, um tv grande para os filmes de domingo, quero um cachorro, um ipê amarelo no jardim.Quero acordar de manhã e sentir aquele cheirinho de café e roupas com cheiro de sabão de côco.Quero uma varanda calma com um livro bom, um chamego de manhã e outro antes de dormir.Quero comida chinesa sentada no chão da sala, e gargalhas na madrugada de sábado a noite.Quero ser eu mesma e me entregar de corpo inteiro..e que vc não olhe pra mim com ar de medo, mas de êxtase!!!! :)

domingo, 20 de setembro de 2009


"Sou o que quero ser, porque possuo apenas uma vida e nela só tenho uma chance de fazer o que quero.
Tenho felicidade o bastante para fazê-la doce dificuldades para fazê-la forte,
Tristeza para fazê-la humana e esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas,
elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos."


Clarice Lispector


Meu dia hoje foi mara *-*. Ain tantas alegrias, tantas emoções to super, hiper, mega, master de bem com a vida! Tô amando hihi que lindoo *--*

sábado, 19 de setembro de 2009

Quem Sabe um Dia
Quem sabe um dia
Quem sabe um seremos
Quem sabe um viveremos
Quem sabe um morreremos!

Quem é que
Quem é macho
Quem é fêmea
Quem é humano, apenas!

Sabe amar
Sabe de mim e de si
Sabe de nós
Sabe ser um!

Um dia
Um mês
Um ano
Um(a) vida!

Sentir primeiro, pensar depois
Perdoar primeiro, julgar depois
Amar primeiro, educar depois
Esquecer primeiro, aprender depois

Libertar primeiro, ensinar depois
Alimentar primeiro, cantar depois

Possuir primeiro, contemplar depois
Agir primeiro, julgar depois

Navegar primeiro, aportar depois
Viver primeiro, morrer depois

Mário Quintana

sexta-feira, 18 de setembro de 2009



...faz de conta que ela não estava chorando por dentro -
pois agora mansamente, embora de olhos secos, o coração estava molhado;
ela saíra agora da voracidade de viver.


Clarice Lispector

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Quem tentar possuir uma flor, verá sua beleza murchando. Mas quem apenas olhar uma flor num campo, permanecerá para sempre com ela. Você nunca será minha e por isso terei você para sempre.


Paulo Coelho

sábado, 12 de setembro de 2009

Alguém que te faz sorrir

Fresno

Eu nunca consegui saber diferenciar
Não querer com não mais sentir
Não merecer com não mais amar

E hoje eu estou aqui
Sem ter lugar pra ficar
Escrevendo canções pra que
Você possa escutar
Com outro alguém do seu lado

Alguém que te faz sorrir
Alguém que vai te abraçar
Quando a escuridão cair
Te impedindo de me enxergar
E eu que hoje estou aqui
E pra sempre vou ficar
Segundos antes de dormir
De mim você vai lembrar

Tente me ouvir
Tente me ver

Um outro alguém (Eu vou mudar)
Eu juro que eu vou ser!

Alguém que te faz sorrir
(Alguém que te faz sorrir)
Alguém que vai te abraçar
(Alguém que vai te abraçar)
Quando a escuridão cair
(Quando a escuridão cair)
Quando você precisar
(Quando você precisar)
De alguém que não vai mentir
(De alguém que não vai mentir 'pra você')
Que não quer te magoar
Segundos antes de dormir
(Que não quer te magoar)
De mim você vai lembrar.

Alguém que te faz sorrir
Alguém que vai te abraçar
Quando a escuridão cair
Quando você precisar
De alguém que não vai mentir
Que não quer te magoar
Segundos antes de dormir
De mim você vai lembrar.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009


Faço o possível para escrever por acaso. Eu quero que a frase aconteça. Não sei expressar-me por palavras. O que sinto não é traduzível. Eu me expresso melhor pelo silêncio. Expressar-me por meio de palavras é um desafio. Mas não correspondo à altura do desafio. Saem pobres palavras.



Clarise Lispector

quarta-feira, 9 de setembro de 2009


Ele fixou-lhe o olhar. Parecia não acreditar no que acabara de ouvir. Ela dissera isso mesmo ou será que estava sonhando? Seu coração estava acelerado. Suas mãos transpiravam. Ele precisava confirmar. Mas e se ela não dissesse novamente? E se tudo aquilo realmente fosse fruto de sua imaginação? Já fazia algum tempo que esperava aquele momento... Preferiu não arriscar... Ela dissera, dissera sim. Isso que importava. Tudo bem que faltavam ali mais duas palavrinhas, mas ouvir as duas primeiras já era um bom começo. Aliás, significava que já tinham ultrapassado o tão temível começo...

Como ele não reagia, ela decidiu abraçá-lo. Primeiro contornou-lhe os traços, como se quisesse decorá-los, e deu-lhe um beijo bem na ponta do nariz. Ele sorriu. Ela sorriu e o aconchegou bem próximo ao coração. Ela sabia que faltavam ali duas palavrinhas, mas sabia também que o tempo a faria terminar a frase. Era isso que importava. Ela havia recomeçado.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

(...)Nosso encontro aconteceu por acaso
Culpa do destino, promessa invisível
Responda-me o motivo
Você ainda se lembra do juramento que me fez?
E no céu que contemplávamos
desenhamos o arco-íris da esperança eterna(...)
(...)O milagre de amar!
Desfazendo o segredo
Corro até você(...)♫

sábado, 5 de setembro de 2009




Não procure a felicidade naquele que você acha que te fará feliz. A felicidade esta no simples bom dia de um verdadeiro amigo, na alegria de uma senhora de 85 anos, que já passou por tudo nessa vida, e no fim dela espera a morte com um sorriso. E perguntamos pra que estamos tristes? Se estamos jovens, se queremos liberdade e amor. A felicidade é constante só pra aqueles que procura ser. se você se ente solitário, angustiado ou indeciso, desabafe com alguém fale a sua dor, pergunte a dor alheia. Não seja orgulhoso, mesquinho e muito menos infeliz com si próprio! A sua infelicidade é a infelicidade de alguem, sempre é assim, e sempre será. Sim temos dias que nada da certo, que tudo é contra você, mas só por causa de um, todos vão desistir também? Não, lute, corra, vá atrás naquilo que você acha que está certo. Mas, depois de tudo você vê que não valeu a pena, não desista, procure em outro lugar ou em outro alguém. Ninguém sabe o dia de amanhã. Mente vazia é a oficina do diabo!

O que eu desejo pra você!

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga "Isso é meu",
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Definitivo

Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas,
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.
Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos
o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções
irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado
do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter
tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que
gostaríamos de ter compartilhado,
e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.
Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas
as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um
amigo, para nadar, para namorar.
Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os
momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas
angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.
Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.
Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.
Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma
pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez
companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.
Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
verso:
Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional...


Carlos Drummond de Andrade

quarta-feira, 2 de setembro de 2009




Quero para mim o espírito desta frase,
transformada a forma para a casar com o que eu sou:
Viver não é necessário; o que é necessário é criar.:D


Fernando Pessoa

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Ame muito. Usufrua a companhia dos afetos.
Quando um deles se for, poderá acalentar seus dias com as doces lembranças dos afagos compartilhados.
E isso amenizará sua grande saudade.

Amor fica bem :)


Luto :/
De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.


William Shakespeare

domingo, 30 de agosto de 2009


... uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida. Foi apesar de que parei na rua e fiquei olhando para você enquanto você esperava um táxi. E desde logo desejando você, esse teu corpo que nem sequer é bonito, mas é o corpo que eu quero. Mas quero inteira, com a alma também. Por isso, não faz mal que você não venha, espararei quanto tempo for preciso.


Clarice Lispector

sábado, 29 de agosto de 2009


É, só pode ser loucura do seu coração
Pense com a cabeça e vai dizer que não
Eu não quero agir errado com você

Foi melhor pra nossa vida a separação
Era nossa sina andar na contramão
E o combinado era a gente se esquecer

Queria te olhar e dizer
Que não tenho desejo em você
Mas quem se envolve com ex
É fadado a se arrepender
E se o amor acabou
Por que não acaba esse nosso prazer?

Mas a gente sabe que não vai voltar
Fizemos amor outra vez sem amar
Mas era pra você dizer que não.
Se foi recaída ou saudades, sei lá
A idéia foi sua, eu tentei evitar
Queria ter dito a você que não...

É só pode ser loucura do seu coração...♪

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Meus olhos estão tristes
como a chuva que molha o jardim
Só o silêncio do vento
a ecoar num vale
Um sopro de vida
num rosto que se molda
Que oa rununciar-me
não aprisione esses olhos tristes pro belo
O corpo presente
pra um coração ausente
Ensinaste uma fragilidade
que não quero aprender
Levantarei a cabeça
verei o horizonte
e saberei que o farol que me guia
me deixará num porto seguro.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009


Amor que é amor dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor.
O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor. Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou.
O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: "Mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto."
O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar.
O poeta soube traduzir bem quando disse: "Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vi, dentro do meu coração!"

•Novamente estive em seus braços, mesmo a minha razão gritando pra não me entregar.Acabei novamente deixando o coração falar mais alto. Saiba que não sou a mesma de quatro meses atrás, de tanta decepção me fiz uma pessoa fria e calculista. Espero não me enganar como antes. Pois sabes que terás o meu amor, mais não a minha confiança!

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

A FITA MÉTRICA DO AMOR

Como se mede uma pessoa? Os tamanhos variam conforme o grau de envolvimento. Ela é enorme pra você quando fala do que leu e viveu, quando trata você com carinho e respeito, quando olha nos olhos e sorri destravado. É pequena pra você quando só pensa em si mesmo, quando se comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas: a amizade.

Uma pessoa é gigante pra você quando se interessa pela sua vida, quando busca alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto. É pequena quando desvia do assunto.

Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma. Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos clichês.

Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas: será ela que mudou ou será que o amor é traiçoeiro nas suas medições? Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande. Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.

É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos. Nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e frustrações. Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente, se torna mais uma. O egoísmo unifica os insignificantes.

Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande. É a sua sensibilidade sem tamanho.
Martha Medeiros

terça-feira, 25 de agosto de 2009


Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?♥

Fernando Pessoa
Chorar não resolve, falar pouco é uma virtude, aprender a se colocar em primeiro lugar não é egoismo. Para qualquer escolha se segue alguma consequência, vontades efêmeras não valem a pena, quem faz uma vez, não faz duas necessariamente, mas quem faz dez, com certeza faz onze. Perdoar é nobre, esquecer é quase impossível. Quem te merece não te faz chorar, quem gosta cuida, o que está no passado tem motivos para não fazer parte do seu presente, não é preciso perder pra aprender a dar valor, e os amigos ainda se contam nos dedos.
Aos poucos você percebe o que vale a pena, o que se deve guardar pro resto da vida, e o que nunca deveria ter entrado nela. Não tem como esconder a verdade, nem tem como enterrar o passado, o tempo sempre vai ser o melhor remédio, mas seus resultados nem sempre são imediatos.



Charles Chaplin

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas. É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois? Dificílimo contar. Olhei pra você fixamente por instantes. Tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão poerfeita. Eu chamo isto de estado agudo de felicidade. :D


Clarice Lispector

Eu quero ter você comigo
Seja como for
Poder estar sempre em teus braços
Sentir seu calor

E não importa o que falem desse nosso amor
Essa paixão é proibida
Tudo o que eu quero é você
Não importa o que falem
Bem querer!


Amor proibido
Acende a nossa chama
Eu fico louca quando vc me ama
Amor proibido
Acende a nossa chama
De entragar-me por inteira..♫

domingo, 23 de agosto de 2009


O amor é tão mais fatal do que eu havia pensado, o amor é tão mais inerente quanto a própria carência, e nós somos garantidos por uma necessidade que se renovará continuamente. O amor já está, está sempre. Falta apenas o golpe da graça - que se chama paixão.


Clarice Lispector

Eu te amo .. ♥

sábado, 22 de agosto de 2009

BONS AMIGOS



Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Parabéns minha nega :)

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Guarda estes
versos que escrevi chorando como um alívio a minha saudade, como um dever do meu amor; e quando houver em ti um eco de saudade, beija estes versos que escrevi chorando.


Machado de Assis

Sou assim


Sou simplesmente
Louca pelos seus beijos
Enfeitiçada pelos teus toques
Envolvida por seu perfume...
Desejos
Alucinantes
Que fazem da minha inocência
Refém de seus olhos.
Paixão que percorre minhas veias,
Que invade meus pensamentos
E faz delírios de meus sonhos,
Fogo de um sentimento.
Sou Assim,
Mesmo que tudo fuja,
Mesmo que tudo escape de minhas mãos,
Sou uma inconseqüente fuga
Que faz de beijos e abraços
O refúgio perfeito.
Sou Assim,
Sem pensar na razão
Entrego-me a desejos da paixão,
Perco-me no tempo
E me surpreendo comigo mesma...
Sou os sonhos
Mais improváveis
Mais sonhados.
Apenas...
Sou Assim.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

-Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.

"CLARICE LISPECTOR"
Seu cheiro de guardado pesa em mim
como coisa imóvel, guardada...
há tanto tempo que nem sei...

é um cheiro mórbido,
de alegria e distância,
de paz e tormento...

seu cheiro de guardado me cheira a cautela,
mas meu coração é irracional, arrisca;
sabe que não te esqueceu.

Seu cheiro antigo de amor e despudor,
cheiro de amor e entrega,
carícia e cantiga,
cheiro de passado, guardado nas minhas lembranças pueris.

Mas é um cheiro levemente novo,
daquele seu abraço,
da tua cabeça deitada em mim,
como se, enfim, em mim morasse a tua paz de vida.


Lembra quando falei que não era pra tu?
eu tava mentindo.


U.u

quarta-feira, 19 de agosto de 2009


Ultimamente acordo e sinto uma grande dor no peito.. Coloco a minha mão sobre o peito e pergunto-me a mim mesma o que se passa.
O que tenho???
Porque me sinto tão inquieta???
Será que estou doente????
Fico uns minutos em silencio e logo sinto que a minha alma esta triste....
o que terá ela????
Porque é que ela se atormenta dentro de mim????? Mas depressa encontro as respostas...a minha alma esta assim porque eu também estou assim....todos os dias lhe faço perguntas para as quais ninguém tem respostas...e ela sabe que isso me faz ser infeliz...a minha alma mais do que ninguém sabe que me sinto pequena... quando eu estou sozinha ela sente-se perdida... preocupo com as pessoas que amo estou sempre pronta a ajudar e depois na maioria das vezes as pessoas desiludem-me... eu AMO-O MAS ELE NÃO ME AMA.... e depois sofro e digo sempre que a culpa e do meu coração que não me deixa amar outra pessoa...depois choro...e choro... sinto-me na solidão....as minhas noites são vazias....os meus dias são tempestades....sinto a falta de um abraço cheio de ternura e que esse abraço me faça sentir segura e amada...preciso que me façam sentir especial e amada.... não queria que me amasses para toda a eternidade porque nada é eterno só queria que um dia EXISTESSE ESSE AMOR... preciso de curar toda esta dor todo este sofrimento...
Não quero pena, quero amor...
Amor de verdade...
gostava de um dia poder dizer que tudo PASSOU...
SEI QUE SOU ESPECIAL....
É pena é que tu não tenhas percebido isso....
Quero reaprende a sonhar novamente e debruçar sobre te a minha saudade, jogar em tuas mãos as minhas vontades e desenhar nelas os meus medos, fazer para te de meus olhos a minha voz e gritar sempre q te quero desse jeito, quero somente estar apaixonado por teu sorriso por tua voz, pelo teu olhar, pela força do teu toque na minha pele. Desabrochar todas as esperanças e esperar que tu venhas colhê-las, querer que tu me aqueça com o as tuas vontades e deixar em mim todas elas, escrever com os lábios teus o significado da minha presença em tua história e denunciar em meu coração que sou teu refém.



Tô morgada vey, com duvidas em que caminhos seguir. quando acho que tudo se resolveu, você aparece assim do nada e revira minha vida. Por que só aparece assim na hora errada?

Confusa vey :(

terça-feira, 18 de agosto de 2009



Lamentar uma dor passada, no presente, / é criar outra dor e sofrer novamente.


William Shakespeare

segunda-feira, 17 de agosto de 2009


Uma coisa é você achar que está no caminho certo, outra é achar que o seu caminho é o único. Nunca podemos julgar a vida dos outros, porque cada um sabe da sua própria dor e renúncia...
(Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei)

Paulo Coelho
Satânico é meu pensamento a teu respeito, e ardente é o meu desejo de apertar-te em minha mão, numa sede de vingança incontestável pelo que me fizeste ontem. A noite era quente e calma, e eu estava em minha cama, quando, sorrateiramente, te aproximaste. Encostaste o teu corpo sem roupa no meu corpo nu, sem o mínimo pudor! Percebendo minha aparente indiferença,aconchegaste-te a mim e mordeste-me sem escrúpulos.
Até nos mais íntimos lugares. Eu adormeci.
Hoje quando acordei, procurei-te numa ânsia ardente, mas em vão.
Deixaste em meu corpo e no lençol provas irrefutáveis do que entre nós ocorreu durante a noite.
Esta noite recolho-me mais cedo, para na mesma cama, te esperar. Quando chegares, quero te agarrar com avidez e força. Quero te apertar com todas as forças de minhas mãos. Só descansarei quando vir sair o sangue quente do seu corpo.
Só assim, livrar-me-ei de ti, pernilongo Filho da Puta!!!!


Carlos Drummond de Andrade

sábado, 15 de agosto de 2009

As sem-razões do amor



Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.
Carlos Drummond de Andrade

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Reverência ao destino

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.
Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.
Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.
E com confiança no que diz.
Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer ou ter coragem pra fazer.
Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.
Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.
Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.
Fácil é dizer "oi" ou "como vai?"
Difícil é dizer "adeus", principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas...
Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.
Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar, e aprender a dar valor somente a quem te ama.
Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência, acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.
Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.
Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta ou querer entender a resposta.
Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.
Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro.
Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.
Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém, saber que se é realmente amado.
Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.
Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.

Carlos Drummond de Andrade

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR


Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.
Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos.
Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009


Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!


Charles Chaplin

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Apenas uma questão de prefixo


Ela estava só, mas não infeliz. E ela sabia exatamente que solidão não era infelicidade, só dependia de como as pessoas tratavam a solidão. E ela, a tratava muito bem, digamos de passagem. Há alguns anos, ela leu uma frase de Guimarães Rosa que dizia ‘infelicidade é apenas uma questão de prefixo’, depois disso, ela nunca mais esqueceu o que era prefixo, muito menos que o prefixo ‘in’ significa ‘não’, e que ‘não’ era um termo que ela não gostava de muito utilizar.
Existem palavras que ela não gostava de pronunciar, muito menos de escrever, porque era na escrita que ela se encontrava verdadeiramente. E um dos últimos pedidos dela, é que eu não perdesse o meu tempo escrevendo essas palavras. Uma vez, quando estávamos sentadas na varanda da minha casa ela me disse ‘existem palavras que não deveriam existir’, e hoje, como estou sem ela, concordo com o que ela disse.
Ás vezes, sinto que ela está bem próxima de mim ainda. Quando essas palavras chegam até... como vocês dizem mesmo? Ah é ‘na ponta da língua’. Então quando essas palavras chegam ‘na ponta da língua’, ela me vem na memória, e todas as suas frases sobre não falar palavras ‘feias’ passam como um flashback. Ai eu desisto de falar aquela palavra e procuro algum sinônimo menos trágico, no meu pouco conhecimento lingüístico.
É um pouco estranho falar dela assim, em terceira pessoa, às vezes eu me sinto tão ela. Como se eu a tivesse matado, e por isso esteja eternamente ligada a ela. Não sei se éramos alma gêmea, pra dizer a verdade, só acreditava nisso quando ela estava perto, mas ela nunca mais vai estar. Então não vejo nenhum problema em deixar de acreditar em algumas coisas que só ela me fazia acreditar, talvez assim seja fácil esquecê-la.

Os sofrimentos do jovem Werther.




“Infeliz! Não és um tolo? Não te enganas a ti mesmo? Porque te entregas a esta paixão desenfreada, interminável? Todas as minhas preces dirigem-se a ela; na minha imaginação não há outra figura senão a dela, e tudo que me cerca somente têm sentido quando relacionado a ela. E isso me proporciona algumas horas de felicidade – até o momento em que novamente preciso separar-me dela! Ah, Wilhelm!, quantas coisas o meu coração desejaria fazer! Depois de estar junto dela duas ou três horas, deliciando-me com sua presença, suas maneiras, a expressão celestial de suas palavras, e todos os meus sentidos pouco a pouco se tornaram tensos, de repente uma sombra turva meus olhos, mal consigo ouvir, sinto-me sufocado, como se estivesse sendo estrangulado por um assassino, meu coração bate estouvadamente, procurando acalmar os meus sentidos atormentados, mas conseguindo apenas aumentar a perturbação – Wilhelm, muitas vezes nem sei se ainda estou nesse mundo! E em outros momentos - quando a tristeza não me subjulga e Carlota me concede o pequeno conforto de dar livre curso as minhas mágoas, derramando lágrimas abundantes sobre suas mãos – tenho necessidade de afastar-me, de ir para longe, e então me ponho a errar pelos campos. Nessas horas, sinto prazer em escalar uma montanha íngreme, em abrir caminho num bosque cerrado, passando por arbustros que me ferem, por espinhos que me dilaceram a pele! Sinto-me um pouco melhor então. Um pouco! E quando então, cansado e sedento, às vezes fico prostrado no caminho, no meio da noite, a lua cheia brilhando sobre minha cabeça, quando na solidão do bosque busco repouso no tronco retorcido de uma árvore, para aliviar meus pés doloridos, e então adormeço, na meia-luz, mergulhando num sono inquieto – Ah, Wilhelm!, nessas horas de solidão de uma cela, o cilício e o cíngulo de espinhos seriam um bálsamo para minha alma sequiosa! Adeus! Somente o túmulo poderá libertar-me desses tormentos.”

(J. W. Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, p. 69-70)

domingo, 9 de agosto de 2009




"Eu só escrevo quando eu quero, eu sou uma amadora e faço questão de continuar a ser amadora. Profissional é aquele que tem uma obrigação consigo mesmo de escrever, ou então em relação ao outro. Agora, eu faço questão de não ser profissional, para manter minha liberdade." [ Clarice Lispector ]

sábado, 8 de agosto de 2009

Ultimo Romance


Eu encontrei-a quando não quis
mais procurar o meu amor
e quando levou foi pra eu merecer
antes um mês e eu já não sei
e até quem me vê lendo jornal
na fila do pão sabe que eu te encontrei

e ninguém dirá
que é tarde demais
que é, tão diferente assim
o nosso amor
a gente é quem sabe, pequena
ah, vai me diz o que é o sufoco que eu te mostro alguém
a fim de te acompanhar
e se o caso for de ir a praia
eu levo essa casa numa sacola..

eu encontrei-a e quis duvidar
tanto clichê
deve não ser
você me falou
pra eu não me preocupar
ter fé e ver coragem no amor
e só de te ver
eu penso em trocar
a minha tv num jeito de te levar
a qualquer lugar
que você queira
e ir onde o vento for
que pra nós dois
sair de casa já é
se aventurar

ah vai me diz o que é o sossego que eu te mostro alguém
afim de te acompanhar
e se o tempo for te levar eu sigo essa hora
eu pego carona
pra te acompanhar

Los Hermanos
A alegria do amor está na exploração da consciência.
Quando investigamos o outro, fazemos o mesmo conosco.
Aprofundando-nos no outro, nos aprofundamos em nós mesmos.
Tornamo-nos espelhos para o outro e o amor torna-se meditação.
Quando mais descobrimos, mais misterioso o outro se torna: o amor é uma aventura constante.
Quando estamos apaixonados, a linguagem não é necessária.
O amor não escraviza, não é possessivo nem exigente.
Ele liberta, permitindo aos amantes voarem alto, em direção a Deus.
Quando apreciamos nossa solidão, nos tornamos meditadores.
Só quem é capaz de ser feliz sozinho pode contribuir com a felicidade de outro.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009



Diga-me o que fazer com as saudades sua, passei a noite em claro e combinei com a lua pra dizer pra você. Que eu ando quase louca com a saudade sua, lembrando da sua boca. Mais uma madrugada e outra solidão(..) Não passe pelo que eu passei não chore o tanto que eu chorei é o que eu desejo pra você de coração, guarde os abraços que eu lhe dei, que os mesmo abraços que eu farei quando lembrar de você na minha solidão.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009




Sopra um vento tão frio aqui em minha solidão os minutos são anos e a lua se escondeu
continuo sozinho e minha casa é uma prisão a ilusão derepente foi embora e só restou
uma pedra de gelo dentro do meu coração. Eu ainda não sei como esquecer o seu amor
eu ainda não sei como acalmar a minha dor, eu ainda me lembro dos momentos de paixão
e ainda te espero a cada nova estação que falta. Minha vida é tão cinza sem a luz do seu olhar eu não perco a esperança sei que um dia vai voltar te procuro em silêncio
te imagino ainda aqui eu escuto seus passo é difícil suportar todo dia pergunto
como foi que te perdi.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

O que é que eu vou fazer com essa tal liberdade
Se estou na solidão pensando em você
Eu nunca imaginei sentir tanta saudade
Meu coração não sabe como te esquecer

Eu andei errado, eu pisei na bola
Troquei quem mais amava por uma ilusão
Mas a gente aprende a vida é uma escola
Não é assim que acaba uma grande paixão

Quero te abraçar quero te beijar
Te desejo noite e dia
Quero me prender todo em você
Você é tudo o que eu queria

O que é que eu vou fazer com esse fim de tarde
Pra onde quer que eu olhe lembro de você
Não sei se fico aqui ou mudo de cidade
Sinceramente amor não sei o que fazer

Eu andei errado, eu pisei na bola
Achei que era melhor cantar outra canção
Mas a gente aprende a vida é uma escola
Eu troco a liberdade pelo teu perdão

Quero te abraçar quero te beijar
Te desejo noite e dia
Quero me prender todo em você
Você é tudo que eu queria


A vida nos da cominhos tão confusos e inacreditáveis que as vezes curtimos o momento nos dado e as vezes paramos pra pensar se realmente vale a pena.
Comigo esta sendo, curtir, curtir e curtir.. Mas pensando bem sempre me falta algo.
É lagrimas silenciosa derramo no meu cantinho pra ninguém perceber, musicas que fala o que meu coração sente. Só me resta isso aqui para expressar o meu sentimento, minha dor. Acho que motivo não tem mais pra me lamentar, tenho certeza disso, mais vá dizer isso ao meu coração. Que esta ferido por um alguém que não soube utilizá-lo.

sábado, 1 de agosto de 2009

O amor, é meu companheiro
Meu amigo meu irmão camarada
è um pouco falso quando tem que te dar uma rasteira
ele vai e te dar quanto menos você espera....
Mas eu sou uma pessoa que de tanto levar rasteiras dele já me acostumeiiii....
Eu só sei dizer que eu amo Amar!!!!!

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.


Clarice Lispector

sexta-feira, 31 de julho de 2009


Estou fazendo amor
Com outra pessoa
Mas meu coração
Vai ser pra sempre teu
O que o corpo faz
A alma perdoa
Tanta solidão
Quase me enlouqueceu
Vou falar que é amor
Vou jurar que é paixão
E dizer o que eu sinto
Com todo o carinho
Pensando em você
Vou fazer o que for
E com toda a emoção
A verdade é que eu minto que eu vivo sozinho e não sei te esquecer
E depois acabou a ilusão que eu criei
A emoção foi embora e a gente só pede pro tempo correr
Já não sei quem amou
Que será que eu falei
Dá pra ver que essa hora o amor só se mede depois do prazer
Fica dentro do meu peito sempre uma saudade...
Só pensado no teu jeito eu amo de verdade
E quando o desejo vem é teu nome que eu chamo
Posso até gostar de alguém...mas é você que eu amo


Não sei o que é que falta pra esse amor dar certo,
Será que eu errei em te agradar demais
Eu acho que voce não gosta muito disso,
Alguém que so te ama não te satisfaz
Amar como eu te amo até que eu não queria,
Mas o que eu vou fazer se não tem solução
Brincar com quem te gosta assim é covardia
Faz bem so pro seu ego e mal pro meu coração


Parece que as vezes vivo de mentiras,
Atrás de ilusões que não tem nada haver
Mas sei que sou teu chao
O teu porto seguro,
E vejo tudo isso e voce não vê
(você não vê)

Eu não ligo pro que os outros falam,
Me arrependo só do que não fiz
Nesses casos de amor o coração é quem diz,
Eu aceito todas suas crises
E finjo que acredito no que você diz,
Pois quando a gente ama eu sou feliz, feliz
Quando a gente ama eu sou...

Quando a gente ama eu sou feliz...

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Porque Te amo??



Eu me pego num canto calado
Chorando, sofrendo
Nem sempre estou ao seu lado
Eu quero é mais viver.
Quando acordo e não vejo seu rosto
Me falta um beijo seu
E parece que tudo acabou..você me esqueceu
Seu sorriso me fala
Seus olhos não conseguem esconder
Sua voz me chama em meus sonhos
No amanhecer!
Pensando na saudade que ficou
Pensando na felicidade que deixou
Eu luto contra o tempo
Lembrando dos momentos..que eram bons..
Que eram bons..

Preciso de uma chance pelo menos pra mostrar
O quanto eu te amo e não podes me deixar
Estou doente de paixão
Prestes a enlouquecer
Me acho em seu caminho
Pois meu mundo é você..
Porque te amo..
Porque te amo..

Sem Compromisso

quarta-feira, 29 de julho de 2009




"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro... "

terça-feira, 28 de julho de 2009



"Nosso cérebro é o melhor brinquedo já criado: nele se encontram todos os segredos, inclusive o da felicidade." [ Charles Chaplin ]

Fez um ano ontem, que eu te tive pela segunda vez..!


"Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão." [ Vinícius de Moraes ]

sexta-feira, 24 de julho de 2009




Não sei por que te quero assim você de mim faz o que quer
Às vezes juro que é afim e outras que não é.
Já tentei por vezes te esquecer e outra boca quis beijar
Eu te evito mas quero te ver dá raiva de te amar
Não, eu não posso mais ficar assim esperando a sua
crise ter um fim rezando pra você voltar atrás
Falta coragem pra dizer que nunca mais.
Quem sabe um dia a sua vontade seja eu..
Sou culpado, me dei todo e você desfaz
Quanta saudada, minha recompensa é você
Como eu queria, concordar com tudo que me faz
Quem sabe um dia, eu até consiga te esquecer..

Amor é pra sentir, não pra entender.♪

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Quero escrever



Quero escrever
o borrão
vermelho de sangue

Quero
escrever o borrão vermelho de sangue
com as gotas e coágulos pingando
de dentro para dentro.
Quero escrever amarelo-ouro
com raios de translucidez.
Que não me entendam
pouco-se-me-dá.
Nada tenho a perder.
Jogo tudo na violência
que sempre me povoou,
o grito áspero e agudo e prolongado,
o grito que eu,
por falso respeito humano,
não dei.

Mas aqui vai o meu berro
me rasgando as profundas entranhas
de onde brota o estertor ambicionado.
Quero abarcar o mundo
com o terremoto causado pelo grito.
O clímax de minha vida será a morte.

Quero escrever noções
sem o uso abusivo da palavra.
Só me resta ficar nua:
nada tenho mais a perder.