Visualizações de página do mês passado

sábado, 12 de novembro de 2011

SAGITÁRIO: Signo de fogo regido por Júpiter, que confere generosidade, nobreza, sinceridade e dignidade, bem como uma natureza otimista e jovial, e um caráter justo.
Os sagitarianos são inteligentes, de raciocínio brilhante, profundo e lógico. Ensinam e aprendem com igual facilidade. São sempre detalhistas, exigentes, impulsivos.
Exuberantes e entusiasmados, podem tender ao exagero, às vezes. Interessam-se por turismo, viagens, aventuras, assuntos comunitários, política, religião, comércio, esportes, e adoram desafios.
Às vezes são inconstantes, e costumam se interessar por vários assuntos ou atividades, sem se aprofundar em nenhum. Espaço e movimento são essenciais para seu equilíbrio físico e mental, e precisam sempre conservar a sua independência.
Muito intuitivos e diplomáticos, são ótimos para lidar com situações de risco. Em alguns casos, podem se tornar prepotentes, esbanjadores, imprudentes, rebeldes,inconstantes e tagarelas. Atuam melhor em profissões liberais. Apreciam música e artes.
O sagitariano é versátil e agitado, precisa dispor de mais de uma atividade de cada vez, Não raro é ter dois empregos. Lida bem com o seu dinheiro, não com o dos outros, mas tem sorte, pois o dinheiro sempre parece quando precisa.
Negligente na juventude, gosta de aventuras e na velhice são moralistas esquecendo de seu passado. Aprendem com seus próprios erros e são um tanto anti-convencionais. Mesmo que não tenham oportunidade de estudar estarão sempre buscando conhecimentos novos. Seu humor oscila entre euforia e depressão.
Nos relacionamentos é animado sexualmente, não está interessado só no corpo do parceiro, precisa haver equivalência intelectual. Só não tolera a possessividade no parceiro.
Precisa sentir-se livre (por isso gosta tento de animais) e se sente sufocado se não conseguir. Um desafio é um prazer para ele. Não é muito criativo, pois seu forte é a organização, a ordem, leis, dogmas e códigos. Sua casa é seu templo e tem que ser respeitado.
É um signo de fogo e mutável o que determina inconstância, que é uma debilidade presente, demora a perder a paciência, mas quando perde é bastante agressivo. Gosta de jogo, de arriscar, e de comer bastante. É um esportista por natureza.
Filósofo por natureza é o dono da verdade acha que está sempre certo.

sábado, 4 de junho de 2011

Sorri quando a dor te torturar

E a saudade atormentar

Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar

Quando nada mais restar

Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz

E sentires uma cruz

Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor

E ao notar que tu sorris

Todo mundo irá supor

Que és feliz

terça-feira, 31 de maio de 2011

Ontem foi a primeira vez que eu senti culpa do meu vazio. Eu sei que não é você o cara que vai me amarrar num altar. Porque você é tão livre, você tem o mesmo espírito que eu. Eu preciso de alguém de pés no chão, porque sou mulher de vôo também. Eu, você, nós, temos os pés no céu e a cabeça mais longe ainda, como pode dar certo? Aí é que ta o x da questão. Se eu realmente quisesse poderia, talvez? Agüentaria eu, conviveria eu, com alguém tão parecido comigo? E você poderia, viajaria nessa, remaria junto entregue ao Deus-dará? Todas as frases que falam que os opostos se atraem, estão corretíssimas em sua infinita sabedoria. Porque é loucura demais ter alguém do lado do passageiro do carro tão igual a você. Tão sua cara. Tão seus ideais. E você repetindo o caminho todo pra gente pegar estrada e fugir pra nossa praia. E eu do lado passageiro do carro quase dizendo que sim, vamos, corra, me leva longe daqui, dessa cidade úmida, vazia – tão vazia quanto meu-eu. Nunca vou dizer isso a você. Nunca vou tomar a iniciativa de me despir da minha auto-suficiência e perguntar se você quer ficar mais um pouco, se você quer subir, conhecer minha mãe. Mesmo sabendo que você se despiria imediatamente da sua, também, auto-suficiência e diria – imediatamente – que sim. Subiria, conheceria. Aceitaria. Eu queria tanto aquele olhar de aceitação. Você queria tanto um sinal de fica. Eu não dara. Você também não. Confirmando a tese que duas cargas de mesmo sinal têm força de repulsão. Eu disse, por fim: Até mais. Você beijou minha testa como um sinal de: É, até mais."

sábado, 21 de maio de 2011

Que tal a gente agora misturar a nossa cor
Pra ver a combustão, a química do nosso amor
Eu e você, quer pagar pra ver?

Me diga, que você vai entrar na minha vida
Que eu sou a sua musa preferida
Diga que eu sou seu bem me quer
Seu anjo, sua fada, o que você quiser

Fala no meu ouvido bem baixinho que me ama
E me leva de uma vez pra sua cama
Me dá uma noite de prazer
Eu topo tudo com você..♪

Me sinto tão amada isso faz bem
Ao coração da gente quando tem
Alguém pra dividir um grande amor
Como a brisa da manhã assim você chegou.(8)

Bruna Karla

segunda-feira, 16 de maio de 2011


Independentemente do que me disser agora,
Queria deixar claro algumas coisas pra você.
Independentemente, se deu certo a nossa história,
Não quero que fique comigo, por dó de me fazer sofrer

Orgulhoso, eu não me ajoelhei pra ter seu coração,
Imperfeito, sou sim, mas dei o meu melhor até o fim.

Sua consciência não vai te deixar dormir,
Pois ninguém mais faz palhaçada pra te ver sorrir
Ninguém vai te abraçar, pra ver o sol se pôr
Ninguém vai escrever no muro uma história de amor


Mas se mesmo assim, quiser me deixar,
As lembranças vão na mala pra te atormentar.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz...

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Se for paixão, uma hora passa. Se for amor, voltará a dar certo.
Só espere. O destino muda tudo, até mesmo os corações
Acostumei com o teu cheiro
Não percebi nenhum defeito
Me amarrei nesse teu jeito de falar
É tão gostoso estar contigo
Vem de uma vez morar comigo
Somos um par mais-que-perfeito pra casar
E te amar
É tudo que eu mais queria
Realizar todas as suas fantasias
Quero acordar
De um lindo sonho de prazer
Deixar o amor acontecer
E no teu corpo viajar

segunda-feira, 25 de abril de 2011


No armário, são as minhas coisas
Se eu comprei, por favor não toque.
E você continua falando besteira, tudo bem
Más você pode andar e falar, ao mesmo tempo?
E é o meu nome que está naquela bolsa
Então vá arrumar as suas malas, deixe eu chamar um táxi pra você

Parado no jardim, me dizendo
Como eu sou uma boba, falando
Que eu nunca vou achar um homem como você
Você não me entendeu

Você não deve saber nada sobre mim, você não deve saber nada sobre mim
Eu poderia arrumar outro como você num minuto
Na verdade, ele estará aqui num minuto, baby

Você não deve saber nada sobre mim, você não deve saber nada sobre mim
Eu posso ter outro como você para amanhã
Então, você, nem por um segundo, pense
Que você é insubstituível

Então vá em frente, ligue para aquela garota
E veja se ela está em casa
Oops, aposto que você achava que eu não sabia
Por quê você acha que eu te mandei pra fora?
Porque você foi mentiroso.
Parado no jardim, me dizendo
Como eu sou uma boba, falando
Que eu nunca vou achar um homem como você
Você não me entendeu

Você não deve me conhecer, você não deve me conhecer
Eu poderia arrumar outro como você num minuto
Na verdade, ele estará aqui num minuto, baby
Você não deve me conhecer, você não deve me conhecer
Eu posso ter outro como você para amanhã
Então, você, nem por um segundo, pense
Que você é insubstituível

Então uma vez que eu não sou seu "tudo"
Que tal eu não ser nada ?
Nada demais pra você
Baby, eu não vou derrubar nenhuma lágrima por você
Eu não vou perder o meu sono
Porque a verdade é
Substituir você é muito fácil. 66'

domingo, 10 de abril de 2011

Saudades - Clarice Lispector.

Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida.
Quando vejo retratos, quando sinto cheiros,
quando escuto uma voz, quando me lembro do passado,
eu sinto saudades...

Sinto saudades de amigos que nunca mais vi,
de pessoas com quem não mais falei ou cruzei...

Sinto saudades da minha infância,
do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro,
do penúltimo e daqueles que ainda vou ter, se Deus quiser...

Sinto saudades do presente,
que não aproveitei de todo,
lembrando do passado
e apostando no futuro...

Sinto saudades do futuro,
que se idealizado,
provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser...

Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei!
De quem disse que viria
e nem apareceu;
de quem apareceu correndo,
sem me conhecer direito,
de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer.

Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito!

Daqueles que não tiveram
como me dizer adeus;
de gente que passou na calçada contrária da minha vida
e que só enxerguei de vislumbre!

Sinto saudades de coisas que tive
e de outras que não tive
mas quis muito ter!

Sinto saudades de coisas
que nem sei se existiram.

Sinto saudades de coisas sérias,
de coisas hilariantes,
de casos, de experiências...

Sinto saudades do cachorrinho que eu tive um dia
e que me amava fielmente, como só os cães são capazes de fazer!

Sinto saudades dos livros que li e que me fizeram viajar!

Sinto saudades dos discos que ouvi e que me fizeram sonhar,

Sinto saudades das coisas que vivi
e das que deixei passar,
sem curtir na totalidade.

Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que...
não sei onde...
para resgatar alguma coisa que nem sei o que é e nem onde perdi...

Vejo o mundo girando e penso que poderia estar sentindo saudades
Em japonês, em russo,
em italiano, em inglês...
mas que minha saudade,
por eu ter nascido no Brasil,
só fala português, embora, lá no fundo, possa ser poliglota.

Aliás, dizem que costuma-se usar sempre a língua pátria,
espontaneamente quando
estamos desesperados...
para contar dinheiro... fazer amor...
declarar sentimentos fortes...
seja lá em que lugar do mundo estejamos.

Eu acredito que um simples
"I miss you"
ou seja lá
como possamos traduzir saudade em outra língua,
nunca terá a mesma força e significado da nossa palavrinha.

Talvez não exprima corretamente
a imensa falta
que sentimos de coisas
ou pessoas queridas.

E é por isso que eu tenho mais saudades...
Porque encontrei uma palavra
para usar todas as vezes
em que sinto este aperto no peito,
meio nostálgico, meio gostoso,
mas que funciona melhor
do que um sinal vital
quando se quer falar de vida
e de sentimentos.

Ela é a prova inequívoca
de que somos sensíveis!
De que amamos muito
o que tivemos
e lamentamos as coisas boas
que perdemos ao longo da nossa existência...

"Quando todos os meus sonhos finalmente encontrarem os seus. Nós vamos sabere talvez encontrar o significado do verdadeiro amor."

Ah, não tente explicar
Nem se desculpar
Nem tente esconder
Se vem do coração
Não tem jeito, não
Deixa acontecer

O amor é essa força incontida
Desarruma a cama e a vida
Nos fere, maltrata e seduz
É feito uma estrela cadente
Que risca o caminho da gente
Nos enche de força e de luz

Vai debochar da dor
Sem nenhum pudor
Nem medo qualquer
Ah, sendo por amor
Seja como for
E o que Deus quiser

quinta-feira, 31 de março de 2011

Serenata


"Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permita que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,e a dor é de origem divina.
Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo."


Cecília Meireles.

A felicidade é o que sempre buscamos na vida, às vezes a encontramos às vezes ela se esconde de nós, a felicidade é um estado do espírito e depende de qual for o momento. Há pessoas tristes e as felizes, mas isso não quer dizer que as pessoas tristes não sintam felicidades nem que as felizes não sintam tristezas.Deparei-me com varias situações de tristeza e de felicidade. Porém pude perceber várias coisas, ser triste nem sempre é ruim, as pessoas tristes geralmente costumam refletir mais sobre as coisas, as pessoas tristes geralmente são sensíveis ao mundo e enxergam-no de uma forma diferente, na tristeza encontramos a felicidade de uma forma mais profunda, não que a tristeza é melhor que a felicidade, ser feliz é uma virtude também, nem sempre as pessoas felizes são as mais ricas, as mais bonitas, muitas vezes são as mais sofridas, ser feliz é chorar também, ser feliz é se sentir desanimado em momentos difíceis.

domingo, 27 de março de 2011

A Flor e o Espinho

Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Hoje pra você eu sou espinho
Espinho não machuca a flor
Eu so errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua
Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Hoje pra você eu sou espinho
Espinho não machuca a flor
Eu so errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua
É no espelho que eu vejo a minha magoa
A minha dor e os meus olhos rasos d'agua
Eu na sua vida já fui uma flor

Hoje sou espinho em seu amor

Eu so errei quando juntei minh'alma a sua
O sol não pode viver perto da lua

Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Que eu quero passar com a minha dor


Paulinho Moska

terça-feira, 22 de março de 2011


Às vezes, as coisas que você mais quer, não acontecem. E aquelas que você menos espera, acontecem. Eu não sei, você conhece milhares de pessoas e nenhuma delas te toca. E aí você conhece uma pessoa e a sua vida muda pra sempre.

Por não estarem distraídos

Havia a levíssima embriaguez de andarem juntos, a alegria como quando se sente a garganta um pouco seca e se vê que, por admiração, se estava de boca entreaberta: eles respiravam de antemão o ar que estava à frente, e ter esta sede era a própria água deles. Andavam por ruas e ruas falando e rindo, falavam e riam para dar matéria peso à levíssima embriaguez que era a alegria da sede deles. Por causa de carros e pessoas, às vezes eles se tocavam, e ao toque - a sede é a graça, mas as águas são uma beleza de escuras - e ao toque brilhava o brilho da água deles, a boca ficando um pouco mais seca de admiração. Como eles admiravam estarem juntos! Até que tudo se transformou em não. Tudo se transformou em não quando eles quiseram essa mesma alegria deles. Então a grande dança dos erros. O cerimonial das palavras desacertadas. Ele procurava e não via, ela não via que ele não vira, ela que, estava ali, no entanto. No entanto ele que estava ali. Tudo errou, e havia a grande poeira das ruas, e quanto mais erravam, mais com aspereza queriam, sem um sorriso. Tudo só porque tinham prestado atenção, só porque não estavam bastante distraídos. Só porque, de súbito exigentes e duros, quiseram ter o que já tinham. Tudo porque quiseram dar um nome; porque quiseram ser, eles que eram. Foram então aprender que, não se estando distraído, o telefone não toca, e é preciso sair de casa para que a carta chegue, e quando o telefone finalmente toca, o deserto da espera já cortou os fios. Tudo, tudo por não estarem mais distraídos.

Clarice Lispector ²

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Existem muitas coisas que é melhor não ver quando a gente ama e outras que só tem coragem de dizer quando está na cama. Eu me apaixonei faço tudo por amor mas só que nada acontece, todo mundo diz que é melhor eu esquecer porque você não me merece.E sempre me procura quando te convém eu não nego aceito eu vivo me enganando que está tudo bem. Não tem outro jeito, o que eu vou fazer se o medo de perder e esse amor já me sufoca se pra eu viver só preciso do prazer de quando você vem e me toca.
Eu tenho muito mais guardado pra você aqui bem num lugar que ninguém pode ver , tá no meu coração esperando uma atenção que pena que você parece não querer. Eu tenho muito mais guardado pra você e cada dia mais aumenta o meu amor tá no meu coração esperando uma atenção que pena que você não dá nenhum valor.

sábado, 22 de janeiro de 2011

Anda! Sei que tá doendo, mas levanta. Coloca uma roupa. Passa a maquiagem. Arruma esse cabelo. Ajeita a armadura. Segura o coração. Sai por aquela porta. Enfrenta o vento. Sorri pro Sol. Segura o coração. Olha pra ele. Passa reto. Não caia. Não caia. Engole o choro. Fingi de morta quando ele falar com você. Seja fria. Continue andando. Enfrente seus problemas de cara. Reaja. Vai. Tá pensando que é só você que sofre? Tá enganada. Anda menina. Para de ser infantil. A culpa não é de ninguém. Seus pais não são errados. A culpa é tua. Se apaixonou agora segura. Anda. Seja forte. Seja feliz. Seja uma mulher.

Gabi Machado.